Notícias › 05/09/2017

V ENCONTRO CONTINENTAL DO JPIC DAS AMÉRICAS ACONTECE EM ANÁPOLIS/GO

O Grito da Terra, o Grito dos Pobres na Dimensão JPIC

A Conferência dos Frades Menores do Brasil, CFMB, acolhe os diversos animadores do JPIC, leigos e presidentes das conferências das Américas para o V Encontro Continental JPIC das Américas (ECA), que ocorre no Seminário Regina Minorum em Anápolis/GO, de 01 à 03 de setembro.

O serviço de Justiça Paz e Integridade da Criação (JPIC) é um serviço da Ordem dos Frades Menores que se ocupa da promoção e defesa da vida em todas as suas formas. É parte integrante do carisma franciscano promover a paz, defender a natureza e lutar pelos direitos dos mais pobres e excluídos. O JPIC tem uma articulação efetiva em todas as entidades da Ordem, contando com respetivos animadores que promovem trabalhos e projetos que correspondam aos apelos da criação, “ouvindo o grito da Terra e dos excluídos”.

Além das conferências das américas se faz presente Frei Jaime Campos, OFM diretor do Escritório e Frei Rufino Lim, OFM assistente do JPIC, ambos trabalham na secretaria junto a Cúria da Ordem dos Frades Menores em Roma. O ECA ocorre de três em três anos, tendo como objetivo formar os animadores do JPIC, animar a caminhada e a missão de cada Conferência, partilhando, também, os dramas, as conquistas e as lutas.

O primeiro dia iniciou com uma celebração ecumênica e logo em seguida o café da manhã. Frei Jaime fez a abertura, discorrendo do desejo de levarmos para as respectivas entidades as deliberações, colocando em prática as propostas formuladas. O diretor da secretaria apresentou os três grandes objetivos a serem tratados nessa semana, a saber:

– Elaborar uma proposta de um novo estilo de vida, que opõe-se ao consumismo e opta por uma vida mais simples e sóbria

-Aprofundar a reflexão sobre o fenômeno da mineração, a luta contra a mega mineração.

– Analisar o fenômeno da migração, gerado pela violência , pela pobreza e por políticas não solidárias.

Após a abertura, Frei Luiz Alberto Mendez, OFM da Província São Francisco de Assis do Rio Grande do Sul, presidente da Jupic da CFFB fez uma retrospectiva do último ECA realizado no ano de 2014 em Bogotá. Em seguida teve a partilha de todas as conferências presentes no encontro. Dentre tantos desafios que as conferencias enfrentam algumas são comuns como a falta de comunicação, os trabalhos se desenvolvem de forma isolada e o desânimo dos frades frente as propostas do JPIC.

Pela tarde houve um debate acerca das partilhas de cada conferência. Retomando a palavra, Frei Jaime concluiu a plenária dizendo que a Ordem avançou muitos nos últimos 15 anos. Destacou que temos uma grande organização, contando com quase 100 animadores em todo o mundo, com dois frades totalmente disponíveis para trabalhar no escritório da Cúria e uma equipe de animação. Contudo, essa estrutura deve ser otimizada, tornando essa organização um corpo integral e efetivo, concluiu Frei Jaime.

Equipe JPIC da Custódia Franciscana do Sagrado Coração de Jesus

Deixe o seu comentário





* campos obrigatórios.